Buscar
  • Anna Rita S.

10 obras em pdf por bell hooks pra você não reclamar de tédio no twitter.

Atualizado: 4 de Fev de 2019


No primeiro dia que eu decidi pesquisar sobre autores negros e a suas pautas eu devia ter uns 14 anos (antes disso eu só lia Nicholas Sparks), e fui imediatamente sugada pela genialidade e o texto tão atual e expressivo de bell hooks (se escreve em letras minúsculas). Eu ainda não entendia ou havia passado por todos os processos que ela descrevia em suas obras, mas eu já conseguia assimilar cada linha a uma realidade muito próxima, e foi quando eu substituí “Amor pra Recordar” por “ Vivendo de amor”, que cita as relações afro centradas e a solidão da mulher preta. Desde o momento que eu me senti representada e íntima de um artigo eu passei a estudar essas abordagens importantes consequentemente e de uma maneira muito menos cansativa. Sendo assim eu resolvi separar 10 das 45 obras maravilhosas dessa autora atemporal e deixar disponíveis links dos lugares que eu consegui baixar em pdf e traduzido. Muito dos livros dela ainda não foram, e sobre esses eu pretendo fazer resenhas que vão poder condensar o assunto passando da melhor forma pra vocês. Chega de ócio aos domingos. Vamos se informar e nos formar irmãos. Boa leitura :D


  1. Vivendo de amor (link pdf/pt) fonte: Olibat

  2. Não sou eu uma mulher? (link pdf/ pt) fonte: Plataforma Gueto

  3. Ensinando a transgredir :A educação como a prática da liberdade (link pdf/ pt) fonte: Pedro Peixoto F.

  4. Black Looks: Race and Representation (link pdf/ ing) fonte: About a Bicycle

  5. Intelectuais Negras (link pdf/ pt) fonte: Geledés Instituto da Mulher Negra

  6. Luta de Classe Feminista (link pdf/ pt) fonte: CABN Libertar

  7. We real cool: black men masculinity ( link pdf/ ing) fonte: The Indigenist

  8. Políticas Feministas: de onde partimos (link pdf/ pt) fonte: Soul Negra Blog

  9. Mulheres negras: moldando a teoria feminista (link pdf/ pt) fonte: Periódicos UNB

  10. Feminism is for everybody (link pdf/ ing) fonte: Excorad Feminisms


0 visualização