Buscar
  • Anna Rita S.

Denzel Gordo – Registros de um sucesso inspirado em uma criança genial.


Denzel e seu bicho papão foto: @olvisabela

Eu pensei bastante a respeito do que escreveria sobre um amigo. Não é a minha zona de conforto, mas analisando isso eu descobri que é exatamente a respeito de sair dessa zona, que se trata a mais nova coleção de roupas por Marlon Santos aka Denzel Gordo aka um dos Melhores Diretores Criativos que o Brasil já conheceu (ou ainda não conheceu). A Primeira Infância.


O lançamento registra uma ideia que Denzel teve através da sua lembrança escolar. Época difícil recheada de cobranças e expectativas adultas sobre ser alguém, seguir a cartilha do aluno que decora as matérias e se torna um homem próspero por isso. Felizmente a genialidade dele ultrapassava esses requisitos. Ele passava as aulas inteiras desenhando, e atraindo ainda mais reprovação da família e do ambiente do colégio.


Isso alimentou um sentimento de revolta nele, que começou a matar aulas, odiar a escola, o que o levou a ser reprovado quatro vezes na mesma série. Eu me identifiquei muito com essa parte da história, porque enquanto repetente eu sei como é frustrante se ver aprisionado num método que não atende a forma que aprendemos. E dentro da comunidade preta e periférica, como é o nosso caso, não ir bem à escola significa dar errado na vida, empregos medíocres, salários pequenos, sem chances de ascensão financeira e pessoal que não no meio acadêmico.



Modelo: Matheus Matos Foto: Eduarda (dudabgg)

Sem essa de ser sustentado pela família pra sempre. Poder tirar uns meses pra se organizar, poder viver de arte enquanto é alimentado pelos pais. A realidade massiva dos nossos é: passe em um concurso público, pague o aluguel e envelheça dentro de um escritório. Um artista que decide nadar contra essa corrente, ganha gás através do desafio e no caso dele, também da irreverência.


Antes de ter acesso ao fundamento da coleção eu ficava intrigada com as pinturas, as frases, a forma que ele se expressava e como isso era tão explícito e confuso pra quem não podia explorar o mesmo. E eu me empolguei sobre essa matéria justamente porque não há nada mais fantástico do que vender a concepção de uma fase da vida em que todos falaram que você nunca seria ninguém. E saber que esse universo foi criado na cabeça de um jovem de 22 anos, criado no Complexo da Palha Seca, em São Gonçalo ,RJ, prova por A mais B que o sistema tenta silenciar essas mentes negras brilhantes através da violência policial, do tráfico, do roubo de estruturas básicas e vitais pra qualquer cidadão, e no método opressivo escolar que não funciona com todos (ainda bem).


Denzel antes de qualquer coisa representa o relacionamento conturbado entre duas dimensões. Uma em que ele é visto como um caso perdido, de uma criança imersa em sua frustração e medo do que seria, e a segunda em que ele vem se tornando um gigante talentoso, conquistando seu curso superior e concretizando sua arte através do design, pintura e conceito. A “Primeira Infância” foi lançada hoje (11/06/2019) e marca o inicio dos registros de um sucesso inspirado em uma criança genial que existe dentro desse artista. Obrigada Marlon.



Compre: www.dnzl.com.br


Saiba mais informações através do Instagram (@denzelgordo), e fortaleça esse corre independente.

Contato: dnzlcontato@gmail.com


Colaborações:

Luciana (Costureira)

Matheus Matos (@mathxmatos) - Modelo

Mikaelle Matos (@mikaellematoss) – Conexão

Eduarda (@dudabgg) – Fotografia

DOISV. (@prod.doisv) – Produção Musical

0 visualização